Arquivo de imagens


É muito importante a criação de um banco de imagens, essencialmente para a gestão de um site de informação.
É fundamental ter uma grande variedade de imagens. 

É também muito importante saber organizar a informação associada a estas imagens para uma fácil e rápida consulta.

Se fizer parte de uma equipa que está a projectar um novo site, preocupe-se em criar um banco de imagens antes de ficar on-line.

- Guarde sempre as imagens que produz e que têm qualidade mínima para serem publicadas.
- Navegue em alguns sites de empresas e instituições que oferecem o download de imagens sobre a actividade e personalidades dessas organizações. Sem grandes custos aumenta e actualiza o seu banco de imagens.
- Alguns conteúdos promocionais, mesmo que não sejam usados de imediato, podem ser guardados para posterior ilustração de artigos sobre temas relacionados. Por outro lado, algumas destas imagens podem conter elementos que são úteis para ilustração de outros assuntos.
- Se tiver dificuldade em obter imagens de algumas instituições que, com regularidade, são objecto de artigos a publicar no seu site, contacte essas organizações. As relações públicas/assessorias de comunicação costumam oferecer esse conteúdo. Muitas vezes nem precisa de o solicitar.
- Sempre que possível fotografe situações do quotidiano. Pessoas na rua, sol, chuva, vento, parques, carros estacionados, transportes públicos, aeroportos, livros, restaurantes.... Estas  imagens são muito úteis. Preferencialmente utilize planos em que as pessoas não são identificadas de modo a evitar problemas legais.
- Se trabalha num órgão de comunicação social que aposta na actualidade, “breaking news”, peça para serem produzidas ilustrações com a referencia “ultima hora” e outras com dados  geográficos: mapas de vários países e de continentes. Estas imagens permitem capacidade de resposta até se conseguir fotos sobre o acontecimento relevante que está a ser noticiado.

Para garantir a eficácia deste banco de imagens é igualmente importante saber organizar o conteúdo.
- Em primeiro lugar crie várias pastas. 
Uma é para as fotos originais. As outras para as fotos já editadas. Neste caso, pode estruturar as pastas de acordo com o tamanho. Na grande maioria dos sites as imagens usadas nas manchetes, nos destaques, são diferentes das que são inseridas no interior dos artigos.
- Quando da designação das imagens utilize a mesma estrutura. Por exemplo, coloque primeiro o nome da empresa/instituição e depois o nome da pessoa (governo_ppcoelho; se for numa actividade partidária: ps_ajseguro). Sempre que possível acrescente uma informação sobre o contexto (governo_ppcoelho_parlamento). 
Nunca use “ç” nem acentos. Uniformize também o nome de pessoas: ppcoelho ou pedropcoelho para Pedro Passos Coelho
- Alguns editores permitem a inserção de tags. Se tiver esta possibilidade use sempre esta funcionalidade. Ajuda imenso quando da pesquisa de fotos.
- Se por algum motivo uma imagem ficou desactualizada – por exemplo, o equipamento da equipa de futebol é da época anterior - , retire-a da pasta e coloque-a numa outra que pode designar como “arquivo”. Assim, evita que outra pessoa, que não esteja na posse dessa informação, use inadequadamente a imagem.

É aconselhável, com alguma regularidade, fazer um “backup” do banco de imagens. Guardar o conteúdo num servidor, num dvd ou num “disco externo” .